Dinâmica relacional ao nível astrológico – 2ªparte

by | Nov 25, 2019 | Astrologia

 – Depois de ganharmos mais auto confiança através da coragem em sermos autênticos e autónomos nas nossas escolhas e decisões, na nossa partilha de mundos e na cooperação para a evolução de ambos, seremos convidados a avançar para uma estabilidade e segurança na relação de uma forma mais profunda e essencial. Esta profundidade implica antes demais avançarmos de uma fase de apresentação e conhecimento acerca do que ambas as partes quer, valoriza e precisa, para uma fase de maior comunhão de valores a todos os níveis.
No entanto esta 1ºfase ainda é muito mental. Com isto terá que haver coragem de avançar para uma etapa onde se possa pôr o conhecimento adquirido na prática de uma forma também emocional e espiritual.
Sendo o eixo Touro \ Escorpião um eixo ligado á segurança e sustentabilidade de uma relação, teremos antes demais perceber o que cada signo pede para que esse equilíbrio e aprofundamento seja realizado.
Começando pelo Touro o signo da matéria, dos valores, dos recursos materiais e financeiros pessoais e da forma física e sensual de cada um conectar-se com o outro e com o mundo, este signo pede-nos para desenvolver uma maior autonomia material e financeira, bem como nos pede para tomar consciência de que valores realmente nos trazem segurança e paz interna, independentemente do outro.
Escorpião por outro lado é um signo ligado ao não material, ao esotérico e oculto desta realidade prática e material, aos valores e recursos do outro, como também á comunhão emocional, sexual e energética entre duas almas. Com isto irá pedir-nos uma maior coragem de abertura para mostrar a nossa sombra e conhecer e aceitar a sombra do outro.
Ao fazer isto criar-se-á espaço para uma morte e renascimento da relação através de possíveis crises emocionais, ou de uma maior entrega e fusão de valores a vários níveis. Isso irá implicar uma integração e aceitação dos dois lados (luz e sombra) de cada ser, amando cada um de uma forma integral e curando ambos com essa compreensão, apoio e segurança emocional as suas inseguranças.
Sintetizando, este eixo pede-nos uma maior entrega e confiança de ambas as partes a vários níveis, para que haja a tal comunhão de almas.
Para que isso aconteça temos que ter bastante claro os nossos limites ao nível material e financeiro como também os valores que têm que existir para mantermos a nossa segurança e paz interna. Logo deixo aqui algumas questões: O que valoriza hoje numa relação? O que realmente é importante para si existir ao nível material, emocional e sexual para poder mergulhar numa comunhão a dois sem perder o centro? Que medos, desejos e obsessões teremos que arriscar em largar e\ou expor na relação para que possamos ser transformados permitindo assim uma transmutação dessa energia em verdadeiro poder e força?
Quando isso estiver bastante firme e seguro dentro de nós, poderemos finalmente mergulhar no desconhecido e partilhar esses valores mais íntimos e materiais com o outro, permitindo assim a ambas as partes renovarem-se através da relação para que esta seja mais profunda e espiritual.
Até lá podemos correr o risco de cair na co – dependência através do apego, manipulação e controle. No entanto convém saber…Porque é que ainda acontece e existe esta tendência? Porque ainda há uma necessidade inconsciente de procurar a nossa segurança através das nossas posses (Touro) e\ou através do uso do poder para usar, manipular e controlar o outro sentindo-se assim mais poderoso, vivo e especial (Escorpião). Até lá haverá sempre o risco de criar co-dependência numa relação.
Logo pergunto-lhe qual o grau de profundidade, transparência e respeito que existe nas suas relações?

Bem haja e boas transformações,
Filipa Andersen,

T: 914965373

geral@filipaandersen.com

Skype: filipaandersen7

Marcações: Sílvia Valente (Assistente da Filipa) - 93 426 20 28 (segunda a sexta: 10h-13h; 14h-17h)